Metallica faz piadas de tiozão para comemorar criatura bizarra nomeado em homenagem à banda: 'Esse sim é um crustáceo do metal'

O grupo postou no Instagram uma ilustração do novo crustáceo encontrado nas profundezas do oceano Pacífico, e alguns trocadilhos envolvendo músicas deles

Redação Publicado em 28/02/2020, às 15h41

None
O vocalista do Metallica, James Hetfield (Foto: Sipa via AP Images)

Na última quinta, 27, a banda Metallica postou nas redes sociais a comemoração de ter sido homenageada na hora de nomearam uma nova espécie de crustáceo descoberta pelo Dr. Torben Riehl, pesquisador do Museu de História Natual Senckenberg, e o Dr. Bart De Smet, da Universidade de Ghent, na Bélgica.

A novidade foi revelada com a publicação de uma ilustração do animal e o nome científico dele, escrito na fonte clássico do grupo: Macrostylis Metallicola.

+++LEIA MAIS: James Hetfield, do Metallica, toca ao vivo pela primeira vez após sair da reabilitação; assista

Para acompanhar a imagem, que pode ser vista abaixo, a banda escreveu na legenda: "Nós tocamos em todos os sete continentes, fomos incluídos no Hall da Fama do Rock e agora... somos um crustáceo".

Essa nova espécie foi descoberta nas profundezas do norte do Oceano Pacífico.

O grupo agradeceu ao Dr. Riehl, responsável pela escolha do nome e fã declarado do Metallica, e acrescentou que "Aquilo Que Não Deveria Existir [referência à música "The Thing That Should Not Be"] tem algumas coisas em comum conosco. A criatura, que lembra uma minhoca, vive na completa escuridão, não tem olhos e é incolor."

+++ LEIA MAIS: Estudo confirma que Metallica é a maior banda da história

E finalizaram: "Ela também vive no meio de nódulos metálicos que contém cobalto, cobre, magnésio, níquel e elementos raros da terra. Então ela basicamente vive em um estádio de rock [trocadilho com a palavra em inglês para pedra]? Esse sim é um crustáceo do metal."

Veja o post original aqui.


+++ TITÃS CELEBRA O ACÚSTICO, MAS SE MANTÉM ELÉTRICO - E É ATRAÇÃO DA MUSIC & RUN