Metallica: O que Paul Stanley, do Kiss, acha do Black Album?

Em edição comemorativa da revista Classic Rock, Paul Stanley homenageou o icônico disco do Metallica

Felipe Grutter (com supervisão de Yolanda Reis) Publicado em 24/08/2021, às 10h53

None
Paul Stanley (Foto: Kevin Winter/Equipe) e Metallica (Foto: Divulgação)

A nova edição da revista Classic Rock comemora os 30 anos do Black Album (1991), quinto disco de estúdio do Metallica, com entrevistas inéditas de integrantes da banda e famosos que admiram o trabalho. Um dos músicos responsáveis por prestar homenagem é Paul Stanley, vocalista do Kiss, quem revelou o significado do álbum para ele.

"Como você pode não ser um fã do Metallica?", questionou o astro. "Eric Carr [ex-baterista do Kiss, morto em 1991] foi quem trouxe a banda para o nosso reino, e ele fez isso um pouco antes, nos primeiros dias do grupo. Mas, em termos de se tornar um fenômeno mundial, preciso dizer como Black Album foi responsável por isso.

+++LEIA MAIS: Metallica: a mudança e os percalços da banda com Black Album

"'Enter Sandman' - aquela música realmente mudou, mudou alguma coisa. Manteve a coragem, paixão e crueza daquilo feito por eles até aquele ponto, mas conseguiu embalá-lo com apelo mais amplo," continuou. "Não por acaso: Bob Rock produziu aquele álbum. Tornou-se o cara certo para trazer à tona o aspecto mais comercial do som de uma banda, se estamos falando de Metallica ou The Cult."

Porém, para Stanley, o mais importante desse trabalho foi o aspecto do Kiss ser criativo e ter realizado o desejado: "Parabéns ao Metallica por isso. Para onde eles foram desde o Black Album, e considerando o início, é incrível. O apelo deles tornou-se enorme, em letras maiúsculas, porque ultrapassou fronteiras. Isso é sempre uma grande vantagem."

+++LEIA MAIS: Por que Paul Stanley não gosta do primeiro disco do Kiss?

Como Blabbermouth apontou, Black Album é um dos discos de maior sucesso comercial e aclamado pela crítica de todos os tempos. O lançamento em 1991 não só deu ao Metallica o primeiro álbum em primeiro lugar das paradas de 10 países, mas também a permanência de quatro semanas no topo dos Estados Unidos.

Além disso, a implacável série de singles ("Enter Sandman," "The Unforgiven," "Nothing Else Matters," "Wherever I May Roam" e "Sad But True") impulsionaram a ascensão da banda como atração principal de estádios de shows, rádio e MTV.

+++LEIA MAIS: Kiss: Quais músicas a banda nunca tocou ao vivo?


+++ CONFIRA TUDO SOBRE A BANDA 5 SECONDS OF SUMMER!