Michael Jackson terá Grammy póstumo pelo conjunto da obra

Leonard Cohen e outros cinco artistas também receberão Grammy especial, que será entregue em 30 de janeiro, um dia antes da cerimônia competitiva

Da redação Publicado em 14/12/2009, às 10h54

Michael Jackson e Leonard Cohen estão entre o grupo de artistas que será homenageado pelo conjunto da obra no Grammy, anunciou a organização do prêmio.

Jackson, laureado com 13 gramofones dourados ao longo da carreira, não será o único a receber a honraria postumamente: o cantor e compositor Bobby Darin, morto em 1973, também foi reconhecido pela Academia de Artes e Ciências Fonográficas.

A entrega da honraria acontecerá em 30 de janeiro, véspera da cerimônia em que serão conhecidos os vencedores da 52ª edição do Grammy.

Somam-se ao trio o pianista clássico Andre Previn, a cantora de country Loretta Lynn, o trompetista de jazz Clark Terry e o músico de blues David "Honeyboy" Edwards.

Com o prêmio especial, os músicos integram rol em que já foram inseridos Frank Sinatra, B.B. King e Bob Dylan, entre outros.