Michael Jackson plagiava músicas e era ‘maquiavélico’, afirma produtor

O cantor morreu em 25 de junho de 2009

Redação Publicado em 14/04/2020, às 16h16

None
Michael Jackson (Foto: Allen / Media Punch / IPX)

Michael Jackson morreu há pouco mais de 10 anos e teve uma carreira repleta de sucessos, dinheiro e muitas polêmicas. Apesar dos diversos mistérios envolvendo o cantor, vários assuntos vieram à tona após a morte dele, entre eles o plágio e a personalidade difícil. As informações são do Observatório do Cinema.

+++ LEIA MAIS: Como uma lhama arruinou as gravações de Freddie Mercury e Michael Jackson?

Quincy Jones, produtor de alguns dos discos mais famosos de Michael Jackson, como Off the Wall (1979), Thriller (1982) e Bad (1987), revelou recentemente que o processo criativo do cantor envolvia plágio - e muito.

Michael roubou muitas coisas, muitas músicas. As notas musicais definitivamente não mentem, ele era realmente maquiavélico”, disse o produtor. Para citar um exemplo, Jones comparou o hit “Billie Jean” com “State of Independence”, de Donna Summer

+++ LEIA MAIS: Como Michael Jackson tentou comprar ossos do Homem-Elefante - e ganhou imagem de 'esquisitão' por isso

Além disso, Jones falou sobre os procedimentos estéticos de Jackson. Segundo ele, as cirurgias plásticas começaram por problemas de autoestima motivados pela convivência com o pai abusivo Joe Jackson.

“O zoava por causa das plásticas. Ele sempre tentava justificar dizendo que era por conta de uma doença. No fim, o problema de Michael era o remédio Propofol, que afeta todo mundo, não importa se você é famoso”, disse Jones.

+++ LEIA MAIS:  Qual foi o tamanho milionário da dívida deixada por Michael Jackson ao morrer?


+++ SESSION RS: SCALENE TOCA ASSOMBRA