Michael Jordan responde aos rumores de que pai foi assassinado devido ao vício dele em apostas

A "escapada" de Jordan junto com o pai para ir a cassino em 1993 levantaram questionamentos sobre os vícios do astro

Redação Publicado em 11/05/2020, às 09h33

None
Michael Jordan em Arremesso Final (foto: reprodução/ Netflix)

O episódio 7 de Arremesso Final, série documental da Netflix em parceria com a ESPN, lançado recentemente, investiga rumores acerca do primeiro retiro terapêutico de Michael Jordan, em 1993, que é fonte de teorias sobre a vida do ex-jogador dos Chicago Bulls.

Uma é a teoria da conspiração de que esse primeiro retiro de 18 meses de Jordan foi uma "suspensão secreta" devido a exageros do astro com apostas, narrativa que David Stern, ex-comissário da NBA aborda durante o episódio e insiste que é totalmente falsa.

+++LEIA MAIS: Quem é Carmen Electra? Tudo sobre a atriz e modelo que bombou em site pornô ao aparecer no documentário de Michael Jordan

Outro rumor forte é a especulação de que o assassinato de James Jordan, pai de Michael, no verão de 1993, estava de alguma forma relacionado as apostas. Foi algo teorizado quase imediatamente, já que os problemas com apostas de Jordan ficaram no centro da vida privada do atleta durante os 'playoffs' de 1993 e continua sendo algo que muitos ainda acreditam.

Jordan abordou o assunto rapidamente no documentário, observando que as especulações magoaram ele, mas acredita que era apenas de pessoas que não o conheciam e queriam difamá-lo.

+++LEIA MAIS: Kobe Bryant foi eleito Adolescente do Ano pela Rolling Stone EUA em 1998

"Doeu, mas você tinha pessoas que estavam jogando dardos que queriam me machucar de qualquer maneira", disse Jordan. "Não era das pessoas que eu amo ou das pessoas que me conheciam, ou das pessoas que se importavam. Foram as pessoas que se cansaram de eu estar no topo. ”

Outros entrevistados, como Sam Smith e Bob Costas, chamaram a especulação pública do possível vício do atleta em jogos de azar nos jornais de "tiros baratos" e apontaram que não havia evidências para relacionar o assassinato de James Jordan ao jogo.


+++ O TERNO | MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO | ROLLING STONE BRASIL