Pulse

Mick Jagger estrela em drama no Festival de Cinema em Veneza

O astro dos Stones será um dos protagonistas do novo filme do diretor italiano Giuseppe Capotondi

Redação Publicado em 23/07/2019, às 12h16

None
Mick Jagger (Foto: Markus Schreiber/AP)

Mick Jagger será um dos protagonistas do novo drama do diretor italiano Giuseppe Capotondi. Intitulado de The Burnt Orange Heresy, o filme encerra a programação do Festival de Cinema de Veneza que acontece entre os meses de agosto e setembro de 2019. 

Baseado no livro homônimo de Charles Willeford, a narrativa apresenta em seu elenco o dinamarquês Claes Bang, a australiana Elizabeth Debicki e o canadense Donald Sutherland.

+++ LEIA MAIS: Rolling Stones: Como Mick Jagger e Keith Richards deram fim à rivalidade para a sobrevivência da banda

Jagger interpreta Joseph Cassidy, um rico colecionador de arte, obcecado pelo pintor solitário Jerome Debney, interpretado por Sutherland, e propõe a um casal de namorados que roubem uma obra-prima do ateliê do artista.

+++ LEIA MAIS: Tudo sobre Beggar's Banquet, disco que há 50 anos recolocou os Rolling Stones nos trilhos

A escolha de Jagger para o filme partiu de uma aproximação do cineasta na cena de musicais, quando o conheceu. O lendário integrante dos Stones já protagonizou filmes como Confissões de um Sedutor, 2001, e Shine a Light, 2008, dirigido por Martin Scorsese

+++ LEIA MAIS: Bob Dylan é como um escultor e um pintor, diz Martin Scorsese

The Burnt Orange Heresy estreiará fora do concurso e antes da cerimônia de entrega de prêmios. 

Jagger, no início do ano, passou por uma cirurgia cardíaca e retornou aos palcos em junho depois de ter adiado a turnê pelos Estados Unidos