Mick Jagger e Scorsese exploram o rock dos anos 1970 na série Vinyl

Em parceria com Martin Scorsese, série chega às telinhas em fevereiro de 2016

Will Hermes Publicado em 14/02/2016, às 14h59 - Atualizado às 15h18

Bobby Cannavale em Vinyl

Ver Galeria
(2 imagens)

Há vinte anos, Mick Jagger teve a ideia de um projeto: um filme épico que contaria a história da indústria musical. Para levar isso adiante, o vocalista recrutou o lendário Martin Scorsese e Terence Winter (Boardwalk Empire). Com o avanço das conversas, ficou claro que a história era grande demais para caber em um filme. “Conforme a TV se tornou mais refinada e interessante, decidimos por realizar uma série”, disse Jagger à Rolling Stone EUA.

Martin Scorsese elege os onze filmes mais assustadores da história.

O resultado disse é Vinyl, que estreia na HBO neste domingo, 14, à 0h. Ambientada em Nova York no ano de 1973, a série tem como protagonista Richie Finestra, personagem vivido por Bobby Cannavale (Homem-Formiga), que é o presidente de uma gravadora que encara um vício em cocaína, um casamento problemático e o fato de que sua empresa parece estar perdendo o "toque de Midas".

Galeria: Rolling Stones em dez videoclipes.

Para se preparar para o papel, Cannavale, que tem 45 anos, leu histórias sobre a música da época, além de “passar um bocado de tempo com as pessoas certas” – como o guitarrista de Lenny Kaye, que tocou com Patti Smith, e David Johansen, vocalista do New York Dolls. “Não é como pesquisar para uma série policial”, justifica Cannavale à Rolling Stone EUA.

Por se tratar de um drama de Scorsese, não há escassez de sexo, drogas e violência. Junto à decadência da época, há muita música traduzida em dramatizações de bandas reais, como o New York Dolls, além de artistas de blues e R&B, que aparecem em flashback e como responsáveis por fazer com que o personagem de Cannavale se apaixonasse pela música.

Entretanto, a grande estrela de Vinyl são as ruas de Nova York na década de 1970, “um lugar bastante atrevido”, como descreve Jagger. Tanto o vocalista quando Scorsese já havia representado a cidade dessa forma anteriormente. Dados os excessos da época, no entanto, a tarefa de replicar o ambiente não é algo tão simples. “Você faz a pesquisa e a pesquisa vai trazendo coisas para a sua memória”, explica o músico. Mas, então, será que o cara que cantou "Shattered" realmene chegou a ver "pessoas vestidas com sacos plásticos controlando o trânsito"? "É claro!", ele ri.

Além de Jagger e Scorsese, Vinyl conta ainda com as atuações de Olivia Wilde (House), Juno Temple e James Jagger (filho do vocalista dos Rolling Stones). Os roteiros ficam por conta de Winter (Família Soprano, Boardwalk Empire e O Lobo de Wall Street) e George Mastras (Breaking Bad).

Assista ao trailer: