Mike Porcaro, baixista da banda Toto, morre aos 59 anos

Integrante do grupo de sucesso nos anos 1980 sofria de esclerose lateral amiotrófica

Redação Publicado em 16/03/2015, às 14h36 - Atualizado às 16h40

Banda de soft rock, nos anos 1980
AP

Mike Porcaro (o primeiro da foto, da esquerda para a direita), baixista da banda norte-americana de soft rock Toto, morreu na manhã deste domingo, 15, aos 59 anos, no final de uma batalha contra a esclerose lateral amiotrófica, mesma doença que aflige o renomado físico Stephen Hawking.

Se a China não reduzir a quantidade de carvão que queima, nada do que for feito para estabilizar o clima adiantará.

O grupo Toto ganhou seis prêmios Grammy entre o final dos anos 1970 e o início dos anos 1980, três deles pela música "Rosanna", um dos grandes sucessos da banda, junto com “Africa”.

Porcaro passou a fazer parte da formação a partir do álbum Isolation, de 1984, permanecendo até Through the Looking Glass, de 2002. Anos depois, se ausentou dos palcos devido ao problema de saúde, sendo substituído por Leland Sklar.

Afeganistão: depois de 13 anos de guerra, os EUA não derrotaram o Talibã, mas conseguiram criar um país comandado pelos chefões das drogas.

“Nosso irmão Mike faleceu em paz, enquanto dormia, em casa, cercado pela família. Descanse em paz”, escreveu Steve, irmão do músico e tecladista do Toto. Jeff, baterista, também é irmão de Mike e membro da banda.

Porcaro entrou para o Hall da Fama da Música junto com os companheiros em 2009. No ano seguinte, após uma pausa, foi anunciada por eles uma turnê mundial para arrecadar fundos contra a doença. O Toto lançará em 24 de março um novo álbum, Toto XIV, fazendo shows na Europa a partir de maio.