Mike Tyson revela que odiava Michael Jackson antes de conhecê-lo: "achava que era um idiota"

Em entrevista ao podcast apresentado pelo rapper T.I, o ex-boxeador contou como mudou de opinião e passou a admirar o cantor

Redação Publicado em 09/01/2020, às 13h13

None
Mike Tyson (Foto: Chris Pizello/AP)

Recentemente Mike Tyson participou do podcast Expeditiously, apresentado pelo pelo rapper T.I, e durante a conversa, contou sobre a relação conturbada que teve com Michael Jackson, desde antes de conhecê-lo, e o que mudou depois de um famigerado encontro entre os dois.

O lutador disse que era fã do astro do pop, mas passou a odiá-lo quando, em 1986, o cantor tratou ele como se não fosse ninguém nos bastidores de um show.

+++Leia mais: Mike Tyson conta que fuma US$ 40 mil em maconha por mês

"Destruiu meu ego", desabafou Tysson que, na época, havia acabado de se tornar campeão mundial de boxe na categoria peso pesado. "Fiquei arrasado", acrescentou.

Após isso, passou a odiar o músico por anos, e, na entrevista, até admitiu que passou a considerar o cantor um "filho da put* frio". Mas um tempo depois, essa situação mudou completamente, quando um amigo em comum entrou em contato para dizer que Jackson queria encontrar com ele.

+++Leia mais: Musical vai contar história de origem da luva de Michael Jackson: um alien que "se alimenta de sangue de menino virgem"

E quando o encontro entre as lendas finalmente aconteceu, Tyson não apenas deixou de odiar o astro do pop, como passou a admirá-lo: "Ele não era um um cara estúpido com aparência de menino frágil igual ao Peter Pan. Ele era afiado. Sabia das coisas. Fiquei impressionado."

"Aprendi a respeitá-lo", contou o ex-lutador, ao revelar que descobriu também que Jackson era bom com as mulheres, e inclusive deu dicas de como se sair bem nesse campo.


+++ CORUJA BC1: 'FAÇO MÚSICA PARA SER ATEMPORAL E MATAR A MINHA PRÓPRIA MORTE'