Miramax fecha as portas

Produtora norte-americana encerra atividades após 31 anos em funcionamento

Da redação Publicado em 28/01/2010, às 18h38

Os estúdios Miramax fecharam suas portas nesta quinta-feira, 28. A companhia teve suas atividades encerradas após 31 anos em funcionamento, desempregando cerca de 80 pessoas que trabalhavam nas instalações localizadas em Los Angeles e Nova York.

A empresa foi criada no final da década de 1970 pelos irmãos Bob e Harvey Weinstein. A Miramax foi comprada pela Disney em 1993, sendo que até então atuava no mercado cinematográfico de forma independente. Boatos dizem que os Weinsteins tentaram, anos mais tarde, reaver o nome da companhia, contudo, Bob Iger, presidente da Walt Disney Company, teria dito que só estaria disposto a vender a Miramax pela quantia mínima de US$ 1,5 bilhões.

"Tenho um sentimento nostálgico agora. Sei que os filmes que fiz com meu irmão viverão para sempre como obras maravilhosas", falou Harvey Weinstein, ao site norte-americano The Wrap. Entre os sucessos da Miramax estão Pulp Fiction, de Quentin Tarantino, e Chicago, de Rob Marshall.