Mistura da Pfizer com vacina AstraZeneca tem resultados positivos, mostra estudo

Pesquisa da Universidade de Oxford aponta que esquema misto de vacinação com Pfizer e AstraZeneca aumenta a resposta imunológica

Redação Publicado em 29/06/2021, às 10h26

None
Vacinação contra a Covid-19 (Foto: David Greedy / Getty Images)

Estudo da Universidade de Oxford apontou diversos resultados positivos na mistura da Pfizer e AstraZeneca para a vacinação contra Covid-19. Conforme noticiado pela CNN, e pesquisa foi realizada com 850 voluntários a partir de 50 anos.

A pesquisa analisou a resposta imunológica comparando quando a vacinação é mista, combinada com imunizantes de tecnologias diferentes, e quando as doses são da mesma vacina.

+++LEIA MAIS: Bolsonaro volta a atacar vacina Coronavac: ‘Não tem comprovação científica’

Segundo o estudo, quem recebeu a primeira dose da AstraZeneca seguida pela Pfizer produziu mais anticorpos e células T. Mesmo com a ordem invertida, o resultado foi melhor que com duas doses da AstraZeneca.

A maior resposta imunológica de todas as analisadas foi dos voluntários que receberem duas doses da Pfizer. Ainda, a pesquisa indicou, segundo a CNN, que vacinados com a AstraZeneca podem aumentar a resposta imunológica com uma terceira injeção de reforço.

+++LEIA MAIS: Bolsonaro recusou vacina a 50% menos do valor pago por EUA e União Europeia

O professor Matthew Snape participou da pesquisa e explicou (via Estadão) que a descoberta pode ser útil para flexibilizar a vacinação, mas ainda não recomenda mudança no programa de imunização: “De fato é encorajador que essas respostas a anticorpos e células T pareçam boas com os cronogramas mistos, mas acho que o padrão deve permanecer, a não ser que haja uma boa razão para mudança, já que comprovadamente o esquema atual funciona.”


+++ OS 5 DISCOS ESSENCIAIS DE BOB DYLAN | ROLLING STONE BRASIL