Modelo conta que teve um caso com Woody Allen aos 16 anos

Na época o diretor tinha 41. Christina Engelhardt disse que não se arrepende

Redação Publicado em 18/12/2018, às 08h40

None
Woody Allen (Foto:Evan Agostini/Invision/AP)

Em um longa matéria, a modelo Christina Engelhardt, 59, contou ao site The Hollywood Reporter que teve um caso amoroso com Woody Allen  aos 16 anos de idade. Na época, o diretor tinha 41, e a relação secreta, segundo ela, teria durado oito anos.

Christina revelou que frequentava o apartamento do cineasta em Manhattan, bairro da cidade norte-ameriocana de Nova York onde, de acordo com as leis, o envolvimentos dos dois seria considerado ilegal. A legislação do estado de NY diz que uma pessoa com idade entre 16 e 13 não é capaz de ter relação sexual consensual.

Na teoria, de acordo com essa lei, o caso entre a modelo e o diretor poderia ser classificado como estupro estatuário, que é quando uma pessoa com mais de 21 anos tem relações com alguém abaixo da idade estipulada, mesmo se o indivíduo menor de idade estiver de acordo e não houver o uso da força.

Christina Engelhardt, poré, disse que não se arrepende do envolvimento e também não se sente como uma vítima de Woody Allen, e contou que seu objetivo não é atacá-lo: "Estou falando da minha história de amor. Isso me tornou quem sou hoje."

A modelo revelou também que ao longo dos oito anos, os dois inclusive fizeram sexo a três com a atriz Mia Farrow, mas o representante da atriz, nem o do diretor, responderam aos pedidos de comentário sobre a história.