Monty Python se reunirá pela primeira vez em mais de uma década

Em outubro, mês do 40º aniversário do grupo cômico, quatro dos seis fundadores estarão no musical Not the Messiah (He’s a Very Naughty Boy)

Da redação Publicado em 10/07/2009, às 21h00

Marco do humor britânico, o grupo cômico Monty Python se reunirá pela primeira vez em mais de uma década, informou o jornal The Independent. Eric Idle, Michael Palin, Terry Jones e Terry Gilliam, integrantes do sexteto-base da trupe, tomarão parte em uma adaptação musical de A Vida de Brian, filme lançado em 1979. O espetáculo se chamará Not the Messiah (He's a Very Naughty Boy) ("não o messias - ele é um garoto muito malvado", em livre tradução).

O "déjà-vu" tem explicação: o coletivo comemora o 40° aniversário em outubro, quando foi ao ar o primeiro capítulo do programa televisivo do que viria a ser uma das franquias humorísticas bem-sucedidas. O Monty Python é responsável, ainda, por filmes como Em Busca do Cálice Sagrado (1975), A Vida de Brian (1979) e O Sentido da Vida (1983).

John Cleese estará fora da estreia europeia, marcada para 23 de outubro, no Royal Albert Hall, em Londres. O sexto membro, Graham Chapman, morreu em 1989.

"É raro conseguir ser bobo em grande escala", Idle explicou a dinâmica da peça à rede britânica BBC." As referências, segundo ele, vão do compositor alemão George Friedrich Händel ("num dueto safado com Mozart") a Bob Dylan. Quem assistir ao musical também terá "o clássico final com 'Always Look on the Bright Side of Life'", canção escrita por Idle para A Vida de Brian. Veja o vídeo abaixo:

A trilha do musical será assinada por John Du Prez, que colaborou com ao grupo de comediantes em O Sentido da Vida e A Vida de Brian.

Not the Messiah (He's a Very Naughty Boy) foi apresentado pela primeira vez no Canadá, em junho 2007, com Idle no papel principal. Desde então, já rodou por Austrália, Nova Zelândia e Estados Unidos.

No espetáculo, Idle interpreta vários personagens do filme, como Stan, O Revolucionário (que prefere ser chamado de Loretta), e o Sr. Cheeky. Palin contracenará com Idle na série, enquanto Jones e Gilliam estão listados em "papéis especiais".

Cleese não explicou por que não comparecerá à edição especial do espetáculo, mas confirmou participação no documentário Monty Python: Almost the Truth (The Laywer's Cut) ("Monty Python: quase a verdade - versão do advogado", em português). Dividida em seis episódios, a produção irá ao ar em outubro, nos Estados Unidos, e, depois, será lançada em DVD.

"Este é um documentário pelo qual sempre esperei - algo tão completo e fidedigno que eu não preciso sequer assistir", disse Jones.

Em 2005, Idle assinou músicas e livro do musical Spamalot, inspirado em Monty Python e o Cálice Sagrado, além de colaborar com Du Prez na trilha. Com estreia na Broadway e direção de Mike Nichols (Closer), o espetáculo recebeu 14 indicações ao Tony - arrebatou três delas, incluindo o prêmio de melhor musical da temporada 2004-2005.

Monty Python's Flying Circus, o programa televisivo que alçou o coletivo à fama, estreou em 5 de outubro de 1969 e se estendeu até 1974 - a partir daí, foi reprisado diversas vezes, por vários canais do mundo. Assista a trechos do programa no canal oficial do Monty Python no YouTube.