Morre Allen Lanier, integrante da banda Blue Öyster Cult e influente músico dos anos 70

Músico colaborou com artistas como Patti Smith, Jim Carroll e The Clash

Redação Publicado em 15/08/2013, às 13h41 - Atualizado às 20h09

Allen Lanier
Reprodução / Site Oficial

Morreu nesta quarta, 14, Allen Lanier, instrumentista e um dos fundadores do Blue Öyster Cult, banda que alcançou sucesso principalmente durante a década de 70. Lanier estava 67 anos e sofria de problemas pulmonares causados pelo tabaco, segundo informou nas redes sociais Eric Bloom, vocalista do BÖC desde 1969.

“Vou sentir falta dele mesmo que a gente não se falasse há um tempo. Ele era talentoso como músico e como pensador”, ressaltou Bloom, que continua na ativa com a banda. “Nós festejamos, rimos, tocamos. Todos os fãs do BÖC e membros da banda estão em luto pela sua morte”, afirmou e ainda lembrou que foi Lanier quem o convidou para entrar na banda no final da década de 60.

Ainda enquanto tocava teclado e guitarra no BÖC, Lanier se envolveu em projetos de outros artistas. Trabalhou principalmente com Patti Smith, com quem compôs, gravou e manteve relacionamento amoroso durante a década de 70. O músico também participou de projetos de outros artistas como Jim Carroll e a banda The Clash.

Em 1985, Lanier deixou o BÖC durante dois anos e retornou em 1987, quando a banda se reorganizou para uma nova turnê. Em 2007 ele anunciou aposentadoria e, em novembro do ano passado, fez sua última apresentação durante um evento especial em comemoração aos 40 anos da banda. “Talvez ele esteja tocando com Jim Carroll neste momento”, finalizou Bloom em seu comunicado.