Morre aos 56 anos o produtor musical Miranda

O jurado do programa Ídolos, do SBT, trabalhou em discos de bandas como Skank, Mundo Livre S/A, O Rappa e Raimundos

Redação Publicado em 22/03/2018, às 23h38 - Atualizado em 23/03/2018, às 12h33

VIAGEM NO TEMPO
Miranda recorda os anos 1990. (No detalhe) o diretor Ricardo Alexandre.
Divulgação

Morreu na noite desta quinta, 22, em São Paulo, o produtor musical Carlos Eduardo Miranda. Ele tinha 56 anos e reclamou de dores de cabeça por volta das 20h, de acordo com o portal UOL. Miranda deixa a esposa e uma filha de 2 anos.

O produtor ficou conhecido pelo selo Banguela, que formou ao lado dos integrantes dos Titãs no início dos anos 1990. O selo gestou discos emblemáticos, como Samba Esquema Noise, do Mundo Livre S/A, e o debute do Raimundos. Ambos fazem parte da lista dos 100 Maiores Discos da Música Brasileira da Rolling Stone.

Nascido em Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Miranda começou a se destacar na área na década de 1980. Ao longo da carreira, produziu álbuns de bandas como as já citadas Raimundos e Mundo Livre, além de Skank, O Rappa e várias outras. Posteriormente, ficou conhecido também como jurado do reality de competição Ídolos, do SBT.