Morre aos 66 anos o baterista Dallas Taylor, ex-Crosby, Stills & Nash

Músico tocou nos dois primeiros álbuns do grupo norte-americano

Redação Publicado em 19/01/2015, às 09h57 - Atualizado às 15h21

Dallas Taylor, ex-baterista do Crosby, Stills, Nash & Young

Ver Galeria
(3 imagens)

Morreu neste domingo, 18, o baterista Dallas Taylor, que tocou com o supergrupo Crosby, Stills & Nash. De acordo com o semanário britânico NME, ele estava em um hospital de Los Angeles, nos Estados Unidos, e a causa da morte ainda é desconhecida. Taylor tinha 66 anos.

Com o show do Crosby, Stills & Nash, relembre grandes momentos do Woodstock.

A informação foi divulgada no Facebook pela viúva do músico, Patti MCGovern-Taylor. “Esta manhã, às 2h30, perdi o amor da minha vida, Dallas W Taylor”, escreveu ela. “Para mim, ele foi um grande homem, um bom amigo, um bom pai, um bom padrinho, um grande baterista e amado por muitos.”

Como baterista, Dallas Taylor tocou no disco autointitulado de estreia do Crosby, Stills & Nash, lançado em 1969. No ano seguinte, ele também participou do segundo álbum do grupo, Déjà Vu, quando Neil Young se juntou a David Crosby, Stephen Stills e Graham Nash – e a banda passou a chamar-se Crosby, Stills, Nash & Young.

Resenha: Crosby, Stills, Nash and Young – CSN&Y 1974

Nascido em Denver, nos EUA, Taylor começou a carreira tocando com a banda Clear Light, por volta de 1967, antes de conhecer Stephen Stills. Com Stills, ele ainda foi baterista no primeiro disco solo do músico, Stephen Stills (1970), e tocou com ele no grupo Manassas. Segundo o site da revista Variety, Taylor também tocou bateria para Van Morrison em 1974.