Morre aos 78 anos o humorista Paulo Silvino

Ator morreu na manhã desta quinta, 17, em decorrência de um câncer de estômago

Redação Publicado em 17/08/2017, às 12h41 - Atualizado às 12h49

O humorista Paulo Silvino
Reprodução/Facebook

O humorista Paulo Silvino morreu nesta quinta-feira, 17, em decorrência de complicações de um câncer de estômago. Ele tinha 78 anos e, no momento da morte, estava na casa dele, localizada no Rio de Janeiro.

Em uma publicação no Facebook, João Paulo Silvino, filho caçula do ator, prestou homenagem ao pai. “Que Deus te receba de braços abertos, meu pai amado”, escreveu. Segundo informações do G1, o humorista foi submetido a uma cirurgia no ano passado, mas o câncer se espalhou e ele optou por continuar o tratamento em casa.

Carreira

Paulo Ricardo Campos Silvino estreou na Globo em 1966 no programa humorístico Canal 0, que satirizava a programação das emissoras de TV. Depois, teve papéis de destaque em Balança Mas Não Cai (1968), Planeta dos Homens (1976) e Viva o Gordo (1981). A última participação televisiva dele foi em Zorra Total, interpretando Severino.

Nos anos 1990 ele também trabalhou no SBT, emissora em que passou por programas como A Praça É Nossa e Escolinha do Golias. O humorista também colaborou em Escolinha do Barulho, da Record, e retornou à Globo para Escolinha do Professor Raimundo.

No cinema, Silvino atuou em filmes como Um Edifício Chamado 200 (1973), Minha Sogra É da Polícia (1958) e Rei da Pilantragem (1968).