Morre aos 81 anos o ator Paulo Goulart

O ator foi vítima de câncer, doença que encarava há anos

redação Publicado em 13/03/2014, às 14h32 - Atualizado às 14h42

Paulo Goulart
Divulgação/TV Globo

Morreu em São Paulo, aos 81 anos o ator brasileiro Paulo Goulart, de acordo com o portal UOL. Ele estava internado para tratamento de câncer.

Em 2012, Goulart havia passado algumas semanas no hospital tratando de um tumor no mediastino (cavidade no tórax) e há sete anos ele fez uma cirurgia para retirar um tumor do rim.

Paulo Afonso Miessa, conhecido artisticamente como Paulo Goulart, nasceu em 9 de janeiro de 1933, em Ribeirão Preto, interior de São Paulo. Começou a carreira na Rádio Tupi, em 1951, trabalhando como ator de radionovelas. Mas logo seguiu para a televisão, onde se consagraria. O primeiro trabalho na TV já foi ao lado de Mazzaropi.

Ao longo dos anos, Paulo Goulart se fixou como presença constante nas novelas. Algumas das mais marcantes foram Uma Rosa com Amor (1972), Éramos Seis (1977), Plumas e Paetês (1980), Roda de Fogo (1986), O Dono do Mundo (1991) e Mulheres de Areia (1993), na qual viveu o vilão Donato. Não menos importante foi a carreira dele no cinema, em longas como Rio Zona Norte (1957) e Gabriela, Cravo e Canela (1983).

Goulart é muito lembrado pelo grande público pelo casamento de longa data com a também atriz Nicette Bruno, que conheceu em 1952, quando fez teste para a peça Senhorita, Minha Mãe. O casal teve três filhos (todos também atores - Beth Goulart, Bárbara Bruno e Paulo Goulart Filho), sete netos e dois bisnetos. Duas das netas, Vanessa Goulart e Clarissa Mayoral, também são atrizes.