Morre aos 90 anos Slim Whitman, lenda da country music

Cantor bateu recordes de venda e fez sucesso durante décadas

Redação Publicado em 19/06/2013, às 13h02 - Atualizado às 19h38

Slim Whitman
AP

Poucos nomes na história da country music foram tão bem sucedidos como o norte-americano Slim Whitman, que morreu nesta quarta, 19, na Flórida. O músico estava com 90 anos e sofreu um ataque cardíaco, segundo noticiou a BBC.

Whitman teve o auge da carreira entre os anos 50 e 70. Em 1955, por exemplo, ele permaneceu com a canção “Rose Marie” em primeiro lugar nas paradas britânicas durante onze semanas. O recorde foi batido apenas em 1991, quando Bryan Adams liderou durante 16 semanas a lista com “(Everything I Do) I Do It for You”.

Desde “I'm Casting My Lasso Towards the Sky”, seu primeiro single, de 1948, foram diversos hits como “Love Song of the Waterfall”, “Indian Love Call” e “Secret Love”. Embora tenha alcançado melhores números na Inglaterra do que em sua terra natal, Whitman ficou conhecido como “o cantor de folk preferido da América” – America's Favorite Folk Artist foi inclusive nome de seu disco em 1954.

Depois de influenciar diversas gerações, sendo citado por gente como Michael Jackson e George Harrison, Whitman lançou um último single em 1984. Anos mais tarde, em 96, ele foi lembrado no filme Marte Ataca!, em uma curiosa cena: