Morre Armando Manzanero, cantor mexicano ícone do bolero, aos 85 anos

O compositor foi diagnosticado com Covid-19 há algumas semanas, e estava internado desde então

Redação Publicado em 28/12/2020, às 15h27

None
Armando Manzanero (Foto: Carlos Alvarez/Getty Images)

O lendário cantor e compositor Armando Manzanero morreu nesta segunda, 28 de dezembro, devido a complicações da Covid-19. O artista de 85 anos foi diagnosticado com a doença há algumas semanas. As informações são da CNN.

+++LEIA MAIS: 4 anos sem George Michael: Como o cantor morreu no dia de Natal

Compositor de mais de 600 músicas, Manzanero é conhecido internacionalmente, e diversos artistas famosos já interpretaram canções dele, como o icônico Elvis Presley e a cantora Dionne Warwick.

Após a confirmação da morte de Manzanero pela Sociedade de Autores e Compositores de México, a Academia Latina de Gravação, responsável pelo Grammy Latino, homenageou o compositor:

+++LEIA MAIS: Projeto reúne nomes de compositoras mulheres silenciadas ao longo da história; conheça Donne

Armando Manzanero recebeu o Prêmio de Excelência Musical e foi o vencedor do Grammy Latino, além de um grande amigo que já se foi. Celebramos a vida e obra dele. Uma perda insubstituível para o mundo da música latina. Estamos com a família Manzanero em sua dor”, disse o perfil oficial da Academia. 

Andres Manuel Lopez Obrador, presidente do México, também homenageou o artista: “Armando Manzanero era um homem sensível, um homem do povo. É por isso que lamento sua morte. Ele também foi um grande compositor”.

+++ SIGA NOSSO SPOTIFY - conheça as melhores seleções musicais e novidades mais quentes


+++SHOWS QUE PERDEMOS EM 2020 | ROLLING STONE BRASIL