Morre Bo Diddley

Pioneiro do rock 'n roll sofreu uma falha cardíaca nesta segunda, 2; saiba mais sobre a contribuição do guitarrista para a música

Da redação Publicado em 02/06/2008, às 14h57 - Atualizado em 04/06/2008, às 14h31

Bo Diddley em uma de suas últimas apresentações, em 2006. Músico foi pioneiro do rock 'n roll
AP

Morreu nesta segunda-feira, 2, o guitarrista de rock e blues norte-americano Bo Diddley, que ficou famoso nos anos cinqüenta com a explosão do jazz em Chicaco. O compositor de "I'm a Man" sofreu uma falha cardíaca no começo desta tarde, informa a Billboard.

Nascido Ellas Otha Bates McDaniel, a lenda da música estadunidense já estava muito doente desde que sofreu um derrame cerebral no último ano. Diddley teve ainda um infarto há alguns meses.

Na segunda metade dos anos 50, o músico foi responsável pela transição entre o blues e o rock, um novo estilo que surgia inspirado na música negra. Foi ele quem influenciou Buddy Holly a criar "Not Fade Away", que em 1964 se tornaria o primeiro single dos Rolling Stones a entrar na parada norte-americana.

Entre outras de suas inúmeras composições está "Who Do You Love?", que anos mais tarde foi se tornou um sucesso na voz de Jim Morrison, do The Doors. Diddley é inspiração dos músicos do The Who, que regravaram "I'm a Man" na versão britânica de seu primeiro álbum, My Generation. Outra música de Diddley, "Road Runner", era freqüentemente tocada nas apresentações do quarteto mais poderoso do rock inglês.

As história da música conta que Diddley foi o primeiro artista a ser creditado sob o termo de "rock 'n roll". Foi no começo dos anos cinqüenta por um DJ de Cleveland, que antes de tocar uma de suas composições disse no ar: "Here is a man with an original sound, who is going to rock and roll you right out of your seat", em português, algo como "aqui está um cara com um som original, que vai chacoalhá-lo para fora de suas cadeiras".

Há mais de trinta anos não compunha novas canções, embora mantivesse sua rotina de turnês regulares até 2006, ano em que sua saúde se complicou. Estava no Rock 'n Roll Hall of Fame desde 1986. Em 1998 ganhou um Grammy por toda sua obra, e em 2004, foi escolhido o vigésimo músico mais importante da história pela Rolling Stone norte-americana.

Bo Diddley morreu em sua casa na Flórida, estado onde deve ser enterrado neste fim de semana.