Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone

Morre Coco Lee, cantora e atriz de Mulan, aos 48 anos

Coco Lee era casada com o empresário canadense Bruce Rockowitz

Redação Publicado em 06/07/2023, às 12h40

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Coco Lee (Foto: Astrid Stawiarz/Getty Images for Macy's)
Coco Lee (Foto: Astrid Stawiarz/Getty Images for Macy's)

Atriz, cantora e compositora que interpretou Mulan na versão em mandarim do filme da Disney, Coco Lee morreu aos 48 anos na última quarta, 5, após tentativa de suicídio. Quem confirmou a informação foram as irmãs dela, Carol e Nancy Lee, em comunicado publicado nas redes sociais.

"Com grande tristeza, estamos aqui para dar a notícia mais devastadora: Coco sofria de depressão há alguns anos, mas sua condição piorou drasticamente nos últimos meses," afirmaram. "Embora Coco tenha procurado ajuda profissional e feito o possível para combater a depressão, infelizmente aquele demônio dentro dela levou a melhor sobre ela."

Em 2 de julho, ela [tentou] suicídio em casa e foi enviada para o hospital. Apesar dos melhores esforços da equipe do hospital para resgatá-la e tratá-la do coma, ela finalmente faleceu em 5 de julho.

+++LEIA MAIS: Presidente Lula lamenta morte de Zé Celso; 'um dos maiores nomes do teatro brasileiro'

Lee ficou bastante popular pelos trabalhos na Ásia, principalmente nos anos 1990 e começo dos anos 2000. Em 1996, lançou o disco de estreia, CoCo Lee, pela Sony Music Entertainment e o trabalho se tornou o álbum mais vendido do ano na região asiática.

Como atriz, Coco Lee teve bastante êxito ao dublar a versão em mandarim de Mulan, icônica animação da Disney lançada em 1998. Outros créditos incluem os filmes Master of Everything e No Tobacco. Ela chegou a ser indicada ao Oscar 2001 pela música "A Love Before Time," presente no filme O Tigre e o Dragão (2000).

+++LEIA MAIS: Filho de Elis Regina considera show 3D da cantora

Coco Lee era casada com Bruce Rockowitz, empresário canadense e ex-presidente-executivo da Li & Fung. A artista não tinha filhos biológicos, mas era madrasta das duas filhas do marido. Também nas redes sociais, as irmãs também comentaram sobre a carreira de Lee:

Coco também é conhecida por ter trabalhado incansavelmente para abrir um novo mundo para os cantores chineses na cena musical internacional, e ela fez de tudo para brilhar para os chineses. Como família Coco, estamos muito gratos e honrados por ter uma irmã tão excelente e excepcional. Somos gratas a Deus por nos dar um anjo tão gentil.
Esperamos que todos não apenas sintam falta de Coco, mas também compartilhem seu sorriso brilhante, tratem as pessoas com sinceridade e transmitam bondade e amor a todos ao nosso redor, e continuem o desejo de Coco de deixar todos ao redor sentirem seu amor e felicidade. Embora Coco permaneça no mundo por pouco tempo, seus raios de luz durarão para sempre!