Morre Dona Canô, mãe de Caetano Veloso e Maria Bethânia

Matriarca da família Veloso tinha 105 anos e passou o Natal em casa, cercada pela família

Redação Publicado em 25/12/2012, às 12h14 - Atualizado às 13h01

Dona Canô
Edgar Souza/Divulgação

Matriarca da família Veloso, Dona Canô morreu aos 105 anos na manhã desta terça, 25. Ela havia sido internada depois de sofrer uma isquemia cerebral no último dia 15, e recebeu alta na última sexta, 21, para continuar o tratamento em casa, na cidade de Santo Amaro da Purificação, Bahia. Dona Canô passou o Natal rodeada pela família.

Mãe de Caetano Veloso e Maria Bethânia e mais seis filhos (quatro deles biológicos), Claudionor Viana Teles Velloso nasceu em 16 de setembro de 1907, e se tornou uma das grandes figuras da Bahia. As memórias da história de vida da ilustre baiana foram publicadas no livro Canô Velloso - Lembranças do Saber Viver, de Antônio Guerreiro de Freitas e Arthur Assis Gonçalves da Silva.

Dona Canô foi casada com José Teles Velloso, o Seu Zeca, que morreu em 1983, aos 82 anos.

Em entrevista ao Correio da Bahia, Rodrigo, um dos filhos de Dona Canô, informou que ela morreu dormindo. Segundo ele, Caetano Veloso passou o Natal com os filhos e está a caminho de Santo Amaro.

O velório ocorrerá nesta terça a partir das 18h, no Memorial Caetano Veloso, em Santo Amaro. De acordo com o portal G1, o governador da Bahia, Jaques Wagner, disse que irá comparecer ao local. ”Em meu nome e de todos os baianos, presto solidariedade à família desta grande mulher, que representou o que a Bahia tem de melhor, um símbolo de força, doçura e coragem”, afirmou Wagner por meio de um comunicado. O enterro será realizado na quarta, 26, a partir das 10h, no cemitério de Santo Amaro.