Morre Earl Cameron, ator de James Bond e Doctor Who, aos 102 anos

O agente de Cameron confirmou a morte e disse que ele "faleceu pacificamente em casa, cercado pela esposa e familiares"

Redação Publicado em 05/07/2020, às 17h00

None
Earl Cameron (Foto: Anthony Devlin / WPA Pool / Getty Images)

O ator Earl Cameron, um dos primeiros negros a assumir papéis significativos no cinema britânico, morreu no último sábado, 4, aos 102 anos. A notícia foi dada pelo portal Uol.

+++ LEIA MAIS: Arte de fã substitui James Bond de Daniel Craig por Henry Cavill; veja

Segundo o Deadline, seu agente confirmou a morte e disse que ele “faleceu pacificamente em casa, cercado pela esposa e familiares” na cidade de Kenilworth, na Inglaterra. 

“Quando cheguei a Londres, não era qualificado para nada. Era um período em que era quase impossível para uma pessoa negra conseguir qualquer tipo de emprego”, disse Cameron ao Royal Gazette em 2018.

Nascido em Bermudas, Earl Cameron fez sucesso no cinema e na TV britânica. Em 1951, participou de Pool of London como protagonista. Já em 1965, contracenou ao lado de Sean Connery em 007 Contra a Chantagem Atômica, interpretando o Doutor Pinder. Ele ainda ganhou notabilidade pelo trabalho na série Doctor Who

+++LEIA MAIS: Quanto Daniel Craig recebeu para viver James Bond pela última vez em 007 - Sem Tempo Para Morrer?

Mais recentemente, Cameron participou do filme A Intérprete, em 2005, e A Origem, em 2010.


+++ RAEL | MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO