Morre Fernando Brant, membro do Clube da Esquina, aos 68 anos

O músico mineiro não resistiu a complicações provenientes de um transplante de fígado

Redação Publicado em 12/06/2015, às 23h20 - Atualizado em 15/06/2015, às 13h25

Fernando Brant, integrante do Clube da Esquina.
Reprodução/Vídeo

O letrista e jornalista Fernando Brant, um dos membros do Clube da Esquina, morreu na noite desta sexta-feira, 12, aos 68 anos. Brant estava internado em um hospital de Belo Horizonte após ter passado por um transplante de fígado na dia 2 de junho.

70 anos de Milton Nascimento, o rouxinol de Minas Gerais.

Segundo o relatório médico, o corpo rejeitou o órgão, obrigando o músico a passar por um novo procedimento no dia 5 de junho, mas ele não resistiu e morreu.

Ídolo dos barzinhos, Djavan mantém a popularidade enquanto preza por uma vida reclusa.

Famoso pelas parcerias com Lô Borges, Beto Guedes e Milton Nascimento, Brant assinou canções inesquecíveis, como “Maria Maria”, “Travessia”, “Sentinela” e “Para Lennon e McCartney”.

Brant deixou duas filhas, Isabel e Ana Luisa, um filho, Diógenes, além de dois netos e a esposa, Leise.