Morre guitarrista que tocou com a lenda do rockabilly Ronnie Dawson

Após três anos de luta contra um câncer na boca, Nick Curran morreu aos 35

redação Publicado em 09/10/2012, às 15h57 - Atualizado às 16h11

Nick Curran
Reprodução / MySpace

Depois de três anos de luta intensa, o câncer na boca acabou vencendo o guitarrista Nick Curran. Ele morreu no último sábado, 6, aos 35 anos. As informações são do site do jornal Portland Press Herald.

Leia textos das edições anteriores da Rolling Stone Brasil – na íntegra e gratuitamente!

Guitarrista primoroso, ele se aventurava do rockabilly, como o fez com o grande Ronnie Dawson, e pelo peso e sujeira do punk.

O início de Curran foi com as baquetas, e não com a palheta. Aos três anos de idade, o filho do músico Mike Curran, começou a tocar bateria. Foi só aos 9 que ele se aventurou pela guitarra. E não parou mais.

Como um percurso natural, ele tocou com a banda do pai, The Tremors, ainda adolescente. O talento logo chamou a atenção de Ronnie Dawson, que o chamou para participar da turnê quando Curran ainda tinha 19 anos.

Depois disso, fez o seu nome no mercado e passou a atuar com a carreira solo ou participando de gravações dos outros. Com a cantora de rockabilly Kim Lenz, por exemplo, ele tocou por dois anos. Seus trabalhos também podem ser ouvidos nas bandas Deguello e Fabulous Thunderbirds.

Com Nick Curran and the Lowlifes, ele gravou cinco discos, sendo último, Reform School Girl, lançado em 2010, no mesmo ano em que o câncer foi diagnosticado.