Morre Jerry Robinson, o criador do vilão Coringa

Desenhista da chamada "era de ouro" da DC Comics morreu na última quarta, 7, aos 89 anos

Redação Publicado em 08/12/2011, às 16h26 - Atualizado às 17h38

Batman - Detective Comics #69
Reprodução

Morreu na última quarta, 7, o desenhista Jerry Robinson, conhecido como um dos ilustradores da "era de ouro" da DC Comics e o criador do vilão Coringa, inimigo do Batman nas HQs. Ele morreu aos 89 anos, enquanto dormia. As informações são do jornal LA Times.

Leia textos das edições anteriores da Rolling Stone Brasil – na íntegra e gratuitamente!

Apesar de clamar ter sido o criador do vilão, há controvérsia no discurso do criador de Batman, Bob Kane. "Bill Finger [roteirista de HQs] e eu criamos o Coringa", declarou Kane à Entertainment Weekly, em 1994. "Jerry Robinson não teve absolutamente nada a ver com isso."

Robinson, por outro lado, disse que a ideia surgiu quando ele juntou a ideia de misturar a aparência do ator Conrad Veidt (The Man Who Laughs, de 1928) com a de um coringa do baralho, que ele trouxe como conceito do vilão. "Bill Finger sabia de Vedit porque conhecia muito de filmes estrangeiros", justificou Robinson. "Quando ele viu o primeiro esboço do Coringa, me disse isso. Foi como surgiu. Eu acho que, na mente de Bill, ele mesmo criou o conceito do personagem."

Polêmicas à parte, o Coringa apareceu pela primeira vez em Detective Comics #69, publicada em 1942. Além do vilão, Robinson ajudou a criar o herói Robin, o menino-prodígio que é o principal parceiro de Batman desde a edição nº 38 da HQ.

Um de seus últimos trabalhos como ilustrador foi em Astra (1999), mangá produzido em parceria com Shojin Tanaka e Ken-ichi Oishi. Ele também foi um ativista pelos direitos dos quadrinistas, presidindo as associações National Cartoonists Society e a Association of American Editorial Cartoonists, nas décadas de 60 e 70. Em uma visita ao Brasil em 2000, ele chegou a sofrer um enfarto em São Paulo, quando promovia o documentário A Vida Após Batman.