Morre Kallebe, criador do bordão ‘bigodin finin, cabelin na régua’, aos 16 anos

O adolescente e um amigo estavam desaparecidos desde quinta, 22, após mergulharem no Rio Uruguai

Redação Publicado em 23/10/2020, às 16h14

None
Kallebe Souza (Foto: Reprodução/Instagram)

Kallebe Souza, de 16 anos, foi encontrado morto nesta sexta, 23, após ele o amigo desaparecerem ao mergulharem no Rio Uruguai, em Campos dos Goytacazes (estado do Rio de Janeiro) na quinta, 22.

O adolescente ficou conhecido pelo bordão “bigodin finin, cabelin na régua” e pela participação, em 2018, no clipe do funkeiro MC Bin Laden. As informações são do G1.

Os corpos de Kallebe e do amigo, cuja identidade não foi divulgada, foram encontrados pelos bombeiros às 11h desta sexta, 23, de acordo com o G1. O local era próximo de onde os meninos foram vistos pela última vez. 

+++LEIA MAIS: MC Bin Laden é destaque na Rolling Stone EUA com música nova

Kallebe alcançou popularidade em 2018, quando os bordões “gostosin no azeite” e “bigodin finin, cabelin na régua” viralizaram nas redes sociais. Após o sucesso, o último bordão fez parte da música “Vamos pra Gaiola”, de Kevin O Chris, e virou título de música do Mc Bin Laden.

Depois da confirmação da morte de Kallebe, Mc Bin Laden fez uma homenagem para o adolescente nas redes sociais, publicando uma foto em que aparece com o garoto e a legenda "Descanse em paz". 

 
 
 
 
 
Ver esta publicação no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Descanse em paz

Uma publicação partilhada por ÉOBINLADEN (@mcbinladen) a


+++ XAMÃ: ‘SE VOCÊ NÃO SENTE NADA COM UMA MÚSICA, É PORQUE TEM ALGUMA COISA ERRADA' | ROLLING STONE BRASIL