Morre Larry King, ícone da TV norte-americana, aos 87 anos

O apresentador não resistiu às complicações da Covid-19

Redação Publicado em 23/01/2021, às 12h00

None
Larry King (Foto: Alberto E. Rodriguez/Getty Images)

O apresentador Larry King, um dos grandes nomes da TV norte-americana, morreu neste sábado, 23, aos 87 anos, devido a complicações da Covid-19. Segundo o UOL, a notícia foi publicada por representantes de King no perfil oficial do radialista nas redes sociais. 

+++LEIA MAIS: ÉoBronx, ator de Sintonia, é demitido por não cumprir protocolos contra Covid-19

King estava internado desde o dia 2 de janeiro, após contrair a Covid-19. Nos últimos anos, o apresentador sofreu com outros problemas de saúde, como câncer na próstata e pulmão, um infarto e um derrame. 

O jornalista apresentou por 25 anos o programa Larry King Live, da CNN, e criou a plataforma Ora Media para veicular trabalhos próprios, como o Larry King Now e o Politicking with Larry King

+++LEIA MAIS: Morre Genival Lacerda, aos 89 anos, por complicações de Covid-19

Larry King é considerado um dos maiores entrevistadores de todos os tempos, e tinha duas marcas inconfundíveis: os óculos e suspensórios característicos. O comunicado no Twitter falou sobre o talento de King em fazer entrevistas:

"Seja entrevistando um presidente dos EUA, um líder estrangeiro, uma celebridade, um personagem escandaloso, ou um homem comum, Larry gostava de fazer perguntas curtas, diretas e descomplicadas. Ele acreditava que questões concisas produziam as melhores respostas, e ele não estava errado."

+++LEIA MAIS: Arnold Schwarzenegger toma vacina contra Covid-19 e convoca seguidores: 'Venha comigo se você quer viver'

O comunicado declarou que futuramente serão divulgadas informações sobre o funeral e a cerimônia fúnebre de Larry King, e pediu privacidade à família do apresentador. 

+++ SIGA NOSSO SPOTIFY - conheça as melhores seleções musicais e novidades mais quentes


+++ PÉRICLES | MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO | ROLLING STONE BRASIL