Morre aos 66 anos Luiz Melodia, em decorrência de câncer de medula

O cantor e compositor morreu na madrugada desta sexta, 4, no Rio de Janeiro

Redação Publicado em 04/08/2017, às 10h22 - Atualizado às 13h35

Luiz Melodia faz turnê de dois fins de semana em SP para promover Estação Melodia ao Vivo
Reprodução/MySpace

O cantor e compositor Luiz Carlos dos Santos, conhecido como Luiz Melodia, morreu na madrugada desta sexta, 4, por volta das 5h da manhã, em decorrência de complicações de um câncer na medula óssea. Ele tinha 66 anos.

A informação foi confirmada ao G1 pelo guitarrista Renato Piau, que tocou com Melodia. O músico chegou a fazer um transplante de medula óssea e resistiu ao procedimento, no entanto, não estava respondendo bem ao tratamento de quimioterapia. Na última quinta, 3, o câncer retornou e o estado de saúde dele se agravou. Luiz Melodia estava internado no hospital Quinta D’Or, no Rio de Janeiro, cidade natal dele.

Luiz Carlos dos Santos nasceu em 7 de janeiro de 1951, no morro do Estácio, na capital fluminense. Ele herdou no nome artístico do pai, o sambista Oswaldo Melodia. Luiz Melodia era casado com a também cantora e compositora Jane Reis desde 1977 e teve com ela um filho, o rapper Mahal Reis, em 1980.

A carreira de Melodia teve início em 1963, ao lado do cantor Mizinho. Em 1964, foi formado o grupo Os Instantâneos, integrado por Melodia, Mizinho, Manoel e Nazareno. No entanto, o grande estouro de Melodia foi "Pérola Negra", uma de suas composições mais bem-sucedidas, gravada por Gal Costa no disco de 1972 Gal a Todo Vapor.

Não demorou muito para Melodia emplacar outro sucesso: "Estácio, Holly Estácio", interpretada por Maria Bethânia. No ano seguinte, em 1973, veio o disco de estreia de Luiz Melodia, intitulado Pérola Negra. A carreira dele foi consolidada com os trabalhos subsequentes, Maravilhas Contemporâneas (1976) e Mico de Circo (1978).

Desde então, Melodia complementou a discografia com outros dez discos cheios, além de três trabalhos gravados ao vivo: Acústico Ao Vivo (1999), Luiz Melodia Convida (2003) e Especial MTV - Estação Melodia Ao Vivo (2008). O último álbum de inéditas do cantor foi Zerima, lançado em 2014.