Morre o músico Manito, aos 68 anos

O artista fez carreira no grupo ícone da Jovem Guarda Os Incríveis

Redação Publicado em 09/09/2011, às 17h30 - Atualizado às 18h02

Morreu nesta sexta, 9, o músico Antônio Rosas Seixas, o Manito, aos 68 anos. Ele foi saxofonista da banda ícone da Jovem Guarda Os Incríveis, além de ter atuado como fundador do grupo instrumental Saxomania. As informações são do site do jornal O Estado de S. Paulo.

Leia textos das edições anteriores da Rolling Stone Brasil – na íntegra e gratuitamente!

Manito estava com câncer na laringe e se tratava desde 2006. O tumor voltou no ano passado, conforme contou a viúva do músico, Lucinha, em entrevista ao veículo.

Os Incríveis, banda de São Paulo, dos anos 60 e 70, era formada Mingo, Risonho, Manito, Netinho e Neno (posteriormente substituído por Nenê). Tocando inicialmente twist sob o nome The Clevers, alcançaram o sucesso na época da Jovem Guarda, quando lançaram os hits "Era um Garoto Que, Como Eu, Amava os Beatles e os Rolling Stones" e "O Milionário". Veja abaixo uma performance do grupo das duas faixas.