Morre Marília Mendonça, aos 26 anos, após queda de avião em MG

Avião com Marília Mendonça e mais quatro pessoas caiu em Minas Gerais, de acordo com corpo de bombeiros não há sobreviventes

Redação Publicado em 05/11/2021, às 17h54 - Atualizado às 21h01

None
Marília Mendonça (Foto: Reprodução / Instagram)

Cantora Marília Mendonça morreu aos 26 anos em acidente de avião nesta sexta, 5 novembro, próxima a uma cachoeira na serra de Caratinga, interior de Minas Gerais. Na aeronave também estavam o produtor Henrique Ribeiro, o tio e assessor Abicieli Silveira Dias Filho, piloto e co-piloto. De acordo com bombeiros não há sobreviventes. (via G1)

A cantora saia de Goiânia (GO) para se apresentar em Caratinga nesta noite, como informou em vídeo publicado nas redes sociais pouco antes do acidente. O avião caiu por volta das 15h30 a cerca de 11 km do centro da cidade, numa queda d'água próximo a BR 474. De acordo com UOL, o Corpo de Bombeiros Militar de Caratinga e o Samu realizaram o resgate dos passageiros com auxílio de um helicóptero Arcanjo.

+++ LEIA MAIS: Marília Mendonça: Rainha da sofrência, compositora se consolidou como uma das mais populares do sertanejo; relembre trajetória

A assessoria de Mendonça publicou uma nota sobre o acidente: "Com imenso pesar, confirmamos a morte da cantora Marília Mendonça, seu produtor Henrique Ribeiro, seu tio e assessor Abicieli Silveira Dias Filho, do piloto e co-pilto do avião, os quais iremos preservar os nomes neste momento. O avião decolou de Goiânia com destino a Caratinga/MG, onde Marília teria uma apresentação esta noite. De momento, são estas as informações que temos."

O Corpo de Bombeiros também confirmou a morte da cantora: "O Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais informa que nesta sexta (5), ocorreu a queda de uma aeronave de pequeno porte, modelo Beech Aircraft, na zona rural de Piedade de Caratinga. O CBMMG confirma que a aeronave transportava a cantora Marília Mendonça e que ela está entre as vítimas fatais." (via G1)

+++ LEIA MAIS: Marília Mendonça foi artista mais ouvida no Brasil nos streamings em 2020

Ainda não se sabe as causas do acidente, mas segundo a equipe, “não há chamas nem há risco de submersão da aeronave,” mas foi registrado um grande odor de combustível. Além disso, de acordo com Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig), o avião atingiu um cabo de uma torre de distribuição da empresa antes da queda. De acordo com G1, testemunhas disseram que o avião teria rasgado fios de alta tensão ligados a uma torre próxima ao local e depois teria perdido um motor.

Com capacidade para seis pessoas, o avião era um bimotor Beech Aircraft, da PEC Táxi Aéreo, de Goiás, com prefixo PT-ONJ. A aeronave estava em situação regular com autorização para realizar viagens, de acordo com Anac. Segundo UOL, a empresa responsável ainda não se pronunciou sobre o caso.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Marilia Mendonça (@mariliamendoncacantora)

 

Colegas de Marília e famosos lamentaram a morte da cantora. Ainda será feita uma perícia nos destroços do avião, além de ouvirem testemunhas e reunir documentos e dados sobre a manutenção da aeronave. De acordo com UOL, Cenipa (Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos) publicou uma nota afirmando que inciará as investigações do caso. Confira a mensagem na íntegra: 

+++ LEIA MAIS: Marília Mendonça: colegas comentam morte precoce da cantora: 'Marcou uma geração'

"Investigadores do Terceiro Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (SERIPA 3), localizado no Rio de Janeiro (RJ), órgão regional do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (CENIPA), foram acionados para realizar a ação inicial do acidente envolvendo a aeronave de matrícula PT-ONJ, nesta sexta-feira (05), em Caratinga (MG). Na Ação Inicial os investigadores identificam indícios, fotografam cenas, retiram partes da aeronave para análise, ouvem relatos de testemunhas, reúnem documentos, etc."

"Não existe um tempo previsto para essa atividade ocorrer, dependendo sempre da complexidade da ocorrência. O objetivo das investigações realizadas pelo CENIPA é prevenir que novos acidentes com características semelhantes ocorram. A conclusão das investigações terá o menor prazo possível, dependendo sempre da complexidade de cada ocorrência e, ainda, da necessidade de descobrir os fatores contribuintes."

+++ LEIA MAIS: Marília Mendonça: Do sucesso de "Infiel" à parceria com Maiara & Maraisa em As Patroas

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Marilia Mendonça (@mariliamendoncacantora)

 

Marília Mendonça

Marília Mendonça nasceu em 22 julho de 1995 no município de Cristianópolis, Goiás, e começou a compor canções aos 12 anos. Escreveu para artistas de sucesso, como Wesley Safadão, Matheus & Kauan, Henrique & Juliano, Jorge & Mateus e mais. Em 2014, lançou o primeiro EP como cantora, mas foi apenas em 2016, com o primeiro disco, Marília Mendonça: Ao Vivo, que atingiu repercussão nacional. Entre os maiores sucessos estão canções como "Infiel," "Amante Não Tem Lar,""Eu Sei de Cor," "Todo Mundo Vai Sofrer" e "Supera." Mendonça era divorciada e deixa o filho de um ano, Léo.