Morre Mark Fisher, responsável pelo desenho de palcos de Rolling Stones, U2, Pink Floyd e outros

Arquiteto foi responsável por espetáculos como The Wall e 360°

Redação Publicado em 26/06/2013, às 15h21 - Atualizado às 15h27

Mark Fisher
Reprodução / Site Oficial

Morreu nesta quarta, 26, o arquiteto Mark Fisher, que embora tenha se formado em arquitetura na década de 70 fez carreira não desenhando prédios convencionais, mas palcos de grandes espetáculos. Aos 66 anos, ele morreu “pacificamente enquanto dormia”, segundo comunicado no site oficial de sua empresa. A causa não foi revelada.

Fisher teve carreira renomada e fez seus primeiros trabalhos de destaque no fim da década de 70, quando desenhou o palco para a turnê The Wall, do Pink Floyd. Foi responsável por palcos grandiosos do U2 nas turnês ZooTV (1992), PopMart (1997) e, mais recentemente, para a turnê 360°.

Trabalhou ainda com diversos outros grandes nomes da música como Rolling Stones, Madonna e Tina Turner e participou de outros projetos como os espetáculos e Viva Elvis, do Cirque du Soleil, e festas das Olimpíadas de Pequim e Londres.

“O trabalho de Mark como designer de palco e diretor artístico transformou o panorama dos shows do rock e eventos de grande escala nos últimos 25 anos”, lembrou o comunicado oficial. Mick Jagger, Keith Richards, Charlie Watts e Ron Wood também assinaram comunicado: “Estamos todos extremamente entristecidos com a notícia da morte de nosso querido amigo Mark Fisher”.