Morre Nani, cartunista e roteirista de Escolinha do Professor Raimundo e Casseta & Planeta

Nani ficou conhecido por roteirizar programas de Chico Aysio, e morreu vítima de covid-19

Redação Publicado em 08/10/2021, às 16h18

None
Cartunista Nani (Foto: Reprodução/YouTube)

Ernani Diniz Lucas, conhecido como Nani, morreu nesta sexta, 8 de outubro, vítima de covid-19. O cartunista ficou conhecido pela tirinha Vereda Tropical e por roteirizar diversos programas do humorista Chico Anysio, como Escolinha do Professor Raimundo e Casseta & Planeta.

Segundo o programa Bom dia Brasil, da Globo (via UOL), Nani estava internado em um hospital de Belo Horizonte desde semana passada e não resistiu às complicações da covid-19. A informação foi confirmada por Juliano e Danilo, filhos do cartunista. Eles afirmam que o artista recebeu duas doses da vacina contra a doença, mas era do grupo de risco após passar por três transplantes de fígado.

+++LEIA MAIS: Mauricio de Sousa faz 85: 3 curiosidades que você talvez não saiba sobre o 'pai' da Turma da Mônica

Danilo, quem também é artista, publicou uma homenagem ao pai nas redes sociais. No texto, afirmou que o cartunista levava alegria a diversas pessoas e criticou a gestão do governo federal no combate à pandemia, que no Brasil chega a 600 mil mortos.

Ele era da graça e da luta, sempre foi, e fará muita falta nas nossas vidas. Te amo pai, descanse em paz, seguimos na luta por você e os que resistem.
 
 
 
 
 
View this post on Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação partilhada por Danilo Lucas (@togaone)

 

Carreira de Ernani Diniz Lucas, o Nani

Nascido em na cidade de Esmeraldas, em Minas Gerais, Nani começou a carreira artística aos 20 anos, quando passou a publicar charges em Belo Horizonte. Segundo informações do G1, em 1973, mudou-se para o Rio de Janeiro, onde desenvolveu a produção artística.

+++LEIA MAIS: 'Quer que desenhe?' O novo papel das charges e como elas ganharam sobrevida nas redes sociais

As artes de Nani foram publicadas em diversos veículos do país, de Pasquim e O Globo a Jornal dos Sports e O Dia. Uma das principais criações do cartunista foi a tirinha Vereda Tropical, publicada em diversos jornais e feita para satirizar a situação política nos anos de 1980. Na época, o Brasil saída da ditadura cívico-militar em retomada democrática.

Na TV Globo, Nani também participou da roteirização de diversos programas humorísticos do aclamado Chico Anysio. Ele participou da produção de Chico Total, Escolinha do Professor Raimundo, Casseta & Planeta, Sai de Baixo e Zorra.

+++LEIA MAIS: Mauricio de Sousa faz declaração emocionante sobre morte de Quino, criador de Mafalda

Ainda, Nani é autor de diversos livros, como Batom na cueca, É grave, doutor e Humor Politicamente Incorreto. Em agosto, lançou a obra mais recente: o infantil Tem outra palavra na palavra.