Morre o ator Jorge Dória, aos 92 anos, no Rio de Janeiro

Ator parou de atuar em 2005, após um acidente vascular cerebral; o último trabalho foi no programa de humor Zorra Total, da TV Globo

Redação Publicado em 06/11/2013, às 17h33 - Atualizado às 17h38

Jorge Dória
TV Globo / Divulgação

Morreu na tarde desta quarta-feira, 6, o grande ator Jorge Dória, aos 92 anos, no Rio de Janeiro. Ele estava internado no Centro de Terapia Intensiva (CTI) do Hospital Barra D’Or, localizado na Barra da Tijuca, desde o dia 27 de setembro. O ator morreu por conta de complicações cardiorrespiratórias e renais, segundo informou a assessoria de imprensa do hospital.

O ator já estava afastado da profissão desde 2005, quando sofreu um acidente vascular cerebral (AVC). O último trabalho de Jorge Dória havia sido no programa humorístico Zorra Total, da TV Globo.

Nascido Vila Isabel, um bairro da zona norte do Rio de Janeiro, ele estreou no teatro aos 22 anos, na peça As Pernas da Herdeira, e o cinema veio rapidamente, com o filme Mãe, de 1948. A televisão, principal morada dele nos últimos anos, foi a última a chegar: foi em 1953, quando ele atuou na novela Delícias da Vida Conjugal.

No teatro, ele se destacou como o protagonista de A Gaiola das Loucas, que estrou em 1974 e ficou em cartaz por seis anos.

Foi somente em 1973 que Jorge Dória foi para a TV Globo. E o primeiro personagem foi o icônico Lineu, o patriarca do seriado A Grande Família - atualmente interpretado por Marco Nanini.

Na emissora carioca, a primeira novela foi O Noviço, de 1975. O maior destaque foi em Que Rei Sou Eu?, com a qual ele recebeu o prêmio APCA – Associação Paulista de Críticos de Arte, como melhor intérprete de 1989. Ele também participou de tramas como Meu Bem, Meu Mal, Zazá e Suave Veneno.