Morre o sambista Jamelão

Cantor dos sambas-enredo da Mangueira morreu na madrugada deste sábado, aos 95 anos

Da Redação Publicado em 14/06/2008, às 12h03 - Atualizado às 12h07

Jamelão, à frente da Estação Primeira de Mangueira
Reprodução

O sambista Jamelão faleceu na madrugada deste sábado, 14, por volta das 4h30. O artista estava internado na Casa de Saúde Pinheiro Machado, no Rio de Janeiro, desde a madrugada de quinta-feira.

Jamelão sofreu uma falência múltipla de órgãos. O sambista tinha hipertensão e diabetes e já havia sofrido dois derrames, que deixaram como seqüela dificuldades para se alimentar. No fim de 2007, Jamelão foi internado no Rio com desidratação e desnutrição.

José Bispo Clementino dos Santos nasceu em 1913, no bairro de São Cristóvão, no Rio. A interpretação de sambas-enredo da Mangueira, que o tornou nacionalmente famoso, começou nos anos 50, depois de Jamelão ter tocado tamborim na bateria da escola de samba.

O corpo de Jamelão será velado na Mangueira na tarde de hoje, sábado, e enterrado amanhã, domingo, no cemitério São João Batista, no Rio de Janeiro.