Morre Redson, vocalista do Cólera

Líder de banda pioneira do punk rock brasileiro morreu aos 49 anos na última terça, 27

Redação Publicado em 28/09/2011, às 11h10 - Atualizado às 11h28

Redson - Cólera
Reprodução/Still

Edson "Redson" Pozzi, vocalista e guitarrista da banda Cólera, pioneira no cenário do punk rock nacional, morreu na última terça, 27, aos 49 anos de idade. A causa ainda não foi oficialmente divulgada, mas circula na internet a informação de que uma parada cardiorrespiratória teria levado o músico à morte. A informação foi dada pelo baixista Val Pinheiro, na comunidade oficial da banda no Orkut.

Leia textos das edições anteriores da Rolling Stone Brasil – na íntegra e gratuitamente!

"Lamento informar a todos os nossos amigos, fãs e família que o nosso principal membro da banda Cólera, Redson, faleceu hoje, deixando um legado incalculável em nossas vidas", escreveu Val em um tópico da comunidade. Em sua página oficial no Twitter, o vocalista da banda Ratos de Porão, João Gordo, lamentou a morte de seu companheiro. "É com lágrimas nos olhos que recebo a notícia da morte prematura do maior ícone do punk brasileiro. Descanse em paz, Redson", escreveu o músico.

Redson criou o Cólera em 1979 junto com o irmão Carlos "Pierre" Pozzi na bateria e Val Pinheiro no baixo. Dentre os discos mais conhecidos do grupo, destacam-se Tente Mudar O Amanhã (1985) e Pela Paz em Todo Mundo (1986), que continham as canções "Somos Vivos", "Medo" e "Pela Paz", entre outras.

Atualmente, o Cólera fazia uma extensa turnê em comemoração dos 30 anos da banda, por todo o Brasil. O último disco da banda foi Deixa A Terra em Paz!, de 2004.