Morre Reg Presley, vocalista do The Troggs, aos 71 anos

Banda atingiu seu auge com "Wild Thing", nos anos 60, e se tornou precursora do punk e do rock de garagem

Redação Publicado em 05/02/2013, às 10h09 - Atualizado às 10h13

Reg Presley (The Troggs)
AP

Morreu nesta segunda, 4, o vocalista da banda inglesa The Troggs Reg Presley, aos 71 anos, após uma dura e fulminante batalha contra um câncer no pulmão. O músico havia sido diagnosticado com a doença em dezembro de 2012, de acordo com o semanário musical inglês NME, durante uma turnê pela Alemanha. Ele já sofria de problemas de funcionamento cardíaco.

Leia textos das edições anteriores da Rolling Stone Brasil – na íntegra e gratuitamente!

A confirmação também veio no site oficial do Troggs. "É a declaração mais difícil que eu já escrevi. Estou com o coração partido ao anunciar que Reg Presley morreu na manhã, dia 4 de fevereiro de 2013", diz um texto, não assinado. "Ele morreu de forma pacífica, em Andover [no sul da Inglaterra], rodeado por toda a sua família. Estamos completamente devastados.”

Assim que ficou sabendo da doença, Presley anunciou a aposentadoria pelo Facebook da banda. "Eu vou sentir falta de todos vocês", escreveu. "Estou recebendo tratamento com quimioterapia e, no momento, não estou me sentindo tão mal. Ainda assim, eu tenho que dar um tempo com o Troggs e me aposentar. Eu gostaria de aproveitar a oportunidade para agradecer a todos os cartões, ligações e pelo amor, lealdade e apoio durante todos esses anos".

Se o punk e o rock de garagem invadiram o mundo a partir dos anos 70, muito se deve ao The Troggs e, principalmente, ao vocal displicente de Reg Presley. Em meados da década anterior, ele e o grupo lançaram "Wild Thing", em 1966, uma versão da música do norte-americano Chip Taylor. Com ela, o Troggs chegou ao primeiro lugar no ranking Hot 100, nos Estados Unidos, e em segundo, no Reino Unido. Jimi Hendrix e Bruce Springsteen, posteriormente, gravaram versões de "Wild Thing".

A banda ainda lançou "With a Girl Like You" e "Love Is All Around", que também foram bem posicionadas nas paradas. Estas, ao lado de "Wild Thing", venderam mais de um milhão de cópias.

Os anos 70 e 80 foram cruéis para o Troggs, mas a banda ainda teve um último respiro de fama quando na década seguinte, quando o R.E.M. começou a executar "Love Is All Around", ao vivo. A banda Wet Wet Wet regravou a mesma canção e atingiu o primeiro lugar nas paradas inglesas por 15 semanas.

Presley era conhecido pelo apelido de "o troglodita do rock", pela maneira única de cantar. Mesmo que involuntariamente, ele se tornou um dos padrinhos de toda uma geração que surgiu nos anos 2000, quando o rock cru de garagem voltou com tudo às rádios.

Assista ao vídeo de “Wild Thing”, do The Troggs: