Morre Richard Glatzer, diretor de Para Sempre Alice, aos 63 anos

Cineasta sofria de esclerose lateral amiotrófica, uma doença degenerativa

Redação Publicado em 12/03/2015, às 12h02 - Atualizado às 12h34

Richard Glatzer
Chris Pizzello/AP

Morreu nesta quarta-feira, 11, o cineasta Richard Glatzer, que dirigiu e coescreveu o longa Para Sempre Alice, em colaboração com o marido dele, Wash Westmoreland. Glatzer tinha 63 anos e sofria de esclerose lateral amiotrófica (ELA), uma doença degenerativa. Ele recebeu o diagnóstico em 2011.

Oscar 2015: Julianne Moore ganha a primeira estatueta da carreira com Para Sempre Alice.

Ao logo do último ano de vida, a condição física de Glatzer se agravou drasticamente, obrigando o diretor a se comunicar através de toques com o polegar em um iPad adaptado.

Em comunicado oficial, Wash Westmoreland, marido e parceiro de set de Glatzer, revelou os sentimentos ao perder o companheiro: “Nessa hora difícil, tenho como consolo o fato de que Para Sempre Alice está em diversos lugares do mundo. Ele se dedicou de coração a esse filme. O fato de o longa tocar as pessoas era motivo de constante alegria pra ele”.

Oscar 2015: com discurso feminista, Patricia Arquette recebe prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante.

O filme, que narra a luta de Alice (Julianne Moore) contra o precoce diagnóstico do mal de Alzheimer, rendeu à atriz o Oscar de Melhor Atriz em 2015. A produção estreia nos cinemas brasileiros nesta quinta, 12.

Oscar 2015: atrizes renomadas fazem campanha contra perguntas fúteis no tapete vermelho.

Julianne prestou uma homenagem a Glatzer através do Twitter.