Morre Roger Moore, que interpretou James Bond em sete filmes, aos 89 anos

O ator teve o papel de Bond nos anos 1970 e 1980 e morreu após batalha contra um câncer

Rolling Stone EUA Publicado em 23/05/2017, às 12h32 - Atualizado às 12h57

Roger Moore
AP

Sir Roger Moore, que se tornou uma estrela internacional ao ser o terceiro ator a interpretar James Bond, morreu aos 89 anos.

A família de Moore confirmou a notícia no Twitter. “É com o coração pesado que nós anunciamos que nosso amoroso pai, Sir Roger Moore, morreu hoje na Suíça após uma curta, mas corajosa batalha contra o câncer”, diz o comunicado. “O amor com o qual ele nos cercou em seus últimos dias foi tão grande que não pode ser quantificado apenas em palavras.”

Moore nasceu em 1927, e se tornou famoso na televisão, interpretando o protagonista em séries de ação como Ivanhoé, o Vingador do Rei e um western chamado Maverick. Foi o papel dele em The Saint, uma série que foi ao ar por várias temporadas nos anos 1960, que o tornou um astro. O ator interpretou Simon Templar, uma espécie de Robin Hood moderno que enfrentou uma variedade de personagens malignos ao longo de 118 episódios.

Moore se juntou à franquia de James Bond em 1973 para Com 007 Viva e Deixe Morrer, e interpretaria o espião britânico em mais seis filmes, aposentando-se do papel após o lançamento de 007 - Na Mira dos Assassinos, em 1985. Apesar de ter conquistado o recorde de ator que viver James Bond por mais tempo, Moore sempre foi humilde em relação a suas conquistas. Em um livro que ele escreveu sobre a experiência, Bond on Bond: Reflections on 50 Years of James Bond Movies, ele creditou seu predecessor, Sean Connery, por ter tornado o agente 007 “um personagem instantaneamente reconhecível ao redor do mundo – ele era áspero, duro, agressivo e astucioso”.

Moore foi um dos Bonds mais engraçados, e ele afirmou que o papel era cômico por natureza. “Você não pode ser um espião de verdade e fazer com que todo mundo saiba quem você é e qual é a sua bebida”, Moore disse ao The New Yorker em 2012. “Isso é histericamente engraçado.”

Após deixar a franquia de Bond, Moore atuou raramente, aparecendo em filmes como Bed & Breakfast e O Desafio Mortal.

“Nós sabemos que nosso amor e admiração serão magnificados muitas vezes, ao redor do mundo, pelas pessoas que o conheciam pelos seus filmes, programas de televisão e trabalho dedicado para a UNICEF, que ele considerava ser sua maior conquista”, a família de Moore escreveu. “Obrigado, pai, por ser você, e por ser tão especial para tantas pessoas.”