Morre Tony Curtis

Ator de Quanto Mais Quente Melhor e Spartacus estava com 85 anos

Da redação Publicado em 30/09/2010, às 11h17

Tony Curtis morreu na última quarta, 29

Ver Galeria
(3 imagens)

Morreu na última quarta, 29, o ator Tony Curtis, aos 85 anos. Ele sofreu uma parada cardíaca em sua casa no estado de Nevada, nos Estados Unidos, de acordo com nota publicada nesta quinta, 30, no site Deadline.

Curtis fez diversos programas de TV e filmes de sucesso nos anos 50 e 60 e contracenou com grandes estrelas da época, como Henry Fonda, Sidney Poitier, Kirk Douglas e Burt Lancaster. Alguns de seus papeis de maior destaque no cinema foram em Spartacus (1960), de Stanley Kubrick, e atuando ao lado de Marilyn Monroe e Jack Lemmon na comédia Quanto Mais Quente Melhor (1959), de Billy Wilder.

O astro foi indicado ao Oscar por sua performance no drama Acorrentados, de 1958. Na década seguinte, Tony foi bastante elogiado e recebeu uma indicação ao Globo de Ouro de melhor ator pela sua interpretação de Albert DeSalvo em O Homem Que Odiava as Mulheres, que narrava a história real do serial killer conhecido como "The Boston Strangler".