Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone

Morre Vivienne Westwood, considerada 'mãe do punk', aos 81 anos

Estilista britânica foi responsável por consolidar a estética do movimento punk nos anos 70

Redação Publicado em 29/12/2022, às 19h21 - Atualizado em 30/12/2022, às 15h59

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Vivianne Westwood comandava a boutique SEX ao lado do marido Malcom McLaren (Foto: Getty Images)
Vivianne Westwood comandava a boutique SEX ao lado do marido Malcom McLaren (Foto: Getty Images)

Morreu nesta quinta-feira, 29 aos 81 anos a estilista britânica Vivienne Westwood, responsável por consolidar a identidade do movimento punk na década de 70. A informação foi divulgada pelo seu perfil no Instagram (via Glamour).

Vivienne Westwood morreu hoje, pacificamente e cercada por sua família, em Clapham, no sul de Londres. Vivienne continuou a fazer as coisas que amava, até o último momento, projetando, trabalhando em sua arte, escrevendo seu livro e mudando o mundo para melhor. Ela levou uma vida incrível. Sua inovação e impacto nos últimos 60 anos foram imensos e continuarão no futuro", diz comunicado.

+++LEIA MAIS: Johnny Rotten perde batalha judicial contra os Sex Pistols; entenda

Através de sua butique SEX, que comandava ao lado do marido, Malcom McLaren em 1974. Westwood levou a rebeldia às passarelas nas últimas décadas e se dedicou ao ativismo em prol do meio ambiente, com presença em protestos e mensagens reverberadas a cada nova coleção.

Em 1992, Westwood foi homenageada com a Ordem do Império Britânico por seus serviços à indústria da moda, honraria recebida de Rainha Elizabeth II. A estilista optou por não usar roupas íntimas para a ocasião.