Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone

Morre Walter Cunningham, último astronauta vivo da missão Apollo 7

Um dos originais do 'Mercury Seven', Cunningham também foi oficial da Marinha e do Corpo de Fuzileiros dos EUA; ele tinha 90 anos

Redação Publicado em 04/01/2023, às 11h31

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Walter Cunnigham (Getty Images)
Walter Cunnigham (Getty Images)

Walter Cunningham, astronauta estadunidense que voou na missão inaugural da Apollo 7 em 1968, morreu nesta terça-feira (3), aos 90 anos.

Cunningham era o útlimo membro vivo da Apollo 7. Ao todo, o oficial realizou 54 missões como piloto de caça entre a Marinha e o Corpo de Fuzileiros Navais dos EUA, antes de aposentar-se como coronel.

+++ LEIA MAIS: Nasa: Após papel em Armagedom, Bruce Willis é convidado para inauguração de missão teste contra asteroides

Walter Cunningham (Getty Images)
Walter Cunningham (Getty Images)

Bill Nelson, administrador da Nasa, exaltou Cunningham em comunicado, dizendo:

“Walt Cunningham era um piloto de caça, físico e empresário – mas, acima de tudo, ele era um explorador.”

+++ LEIA MAIS: Nasa encontra primeiro planeta fora da nossa galáxia, veja

O Apollo 7 foi o módulo lunar do primeiro voo que levou o homem à Lua. Cunningham, que somava experiências nas áreas de Humanidades e Física, além de passagens militares, acabou ingressando a Nasa em 1963, como parte da terceira geração de astronautas da agência.

“Em nome do Centro Espacial da Nasa, estamos em dívida com o serviço de Walter à nossa nação e sua dedicação ao avanço da exploração espacial humana”, disse Vanessa Wyche, diretora do órgão.

.