Morrissey afirma que chances de gravar novo disco são cada vez menores

Ex-vocalista do Smiths anunciou há seis meses que estava sem gravadora para lançar um novo álbum – e continua na mesma situação

redação Publicado em 26/12/2011, às 16h16 - Atualizado às 16h21

Morrissey em show no Glastonbury 2011
AP

Morrissey não deve lançar um disco de inéditas em um futuro próximo. Em um comunicado, o cantor afirmou as chances de gravar um álbum estão diminuindo cada vez mais, já que ele não tem contrato com uma gravadora.

Leia textos das edições anteriores da Rolling Stone Brasil - na íntegra e gratuitamente!

“Eu não espero viver o bastante para experimentar uma oferta de gravar para um selo adulto”, escreveu o cantor em texto enviado ao site de fãs True to You. “Esse tópico não soaria tão banal se eu já não o tivesse mencionado 47 vezes. Eu prometo que não vou mencionar isso novamente. O mundo, eu espero, vai de alguma forma suportar, mesmo que o sucessor de Years of Refusal [último trabalho solo do cantor, lançado em 2009] seja cada vez menos provável. Fim do assunto. Prometo.”

No último mês de junho, Morrissey mostrou ressentimento ao revelar que estava sem gravadora. Em entrevista ao site Pitchfork, ele afirmou que já tinha todas as músicas prontas para um novo CD, mas estava sem contrato porque só era lembrado pelo que tinha feito à frente do Smiths.

Processo e elogio ao México

No texto enviado ao True to You (leia aqui), Morrissey também reafirmou que irá processar a revista britânica NME, por, segundo ele, ter alterado respostas de uma entrevista “para me fazer parecer racista”. Ele ainda exaltou os shows que fez recentemente no México (“nenhuma tentativa de descrever faria justiça [à recepção do público]”) e denegriu o Shrine Auditorium, em Los Angeles (“uma favela aberta”, de acordo com o músico).