Pulse

Morrissey expulsa protestantes de esquerda de show; assista

O músico foi criticado pelo envolvimento com o partido britânico de extrema-direita e anti-islâmico

Redação Publicado em 01/10/2019, às 16h34

None
Morrissey (Foto: Marco Ugarte/AP Photo)

Morrissey expulsou dois protestantes de esquerda de seu show em Portland nesta segunda, 30. O músico foi criticado pelo envolvimento com o For Britain, partido britânico de extrema-direita e anti-islâmico.

O ex-Smiths se recusou a tocar o setlist enquanto os protestantes não saíssem da plateia. Eles estavam segurando cartazes com a frase “Boca grande de fato” (tradução livre) e um desenho do logo do partido For Britain com um ‘X’ desenhado em cima. 

+++ LEIA MAIS: As 23 maiores polêmicas de Morrissey

O músico viu os protestantes e disse: “Saiam daqui! Não precisamos de vocês! Tchau”.  Repetiu várias vezes as frases, aos berros. Depois dos manifestantes serem expulsos, Morrissey e a banda começaram a tocar de novo.

Essa não é foi primeira polêmica na qual Morrissey se envolveu. Em uma apresentação  no programa The Tonight Show com Jimmy Fallon em maio deste ano, Morrissey surgiu no palco com um broche do partido For Britain foi expulso da loja mais antiga de discos do mundo por usar esse button na TV.

+++ LEIA MAIS: Nick Cave critica ideais de Morrissey, mas é preciso "permitir que a música dele continue"

Na ocasião, o ex-Smiths disse que houve uma interpretação distorcida da mídia sobre quem ele realmente é e negou ser racista, mas reforçou seu envolvimento com o partido de extrema-direita. Além disso, na última eleição francesa, ele também se posicionou a favor de Marine Le Pen, candidata da extrema-direita e ultraconservadora.

“Se você chama alguém de racista no Reino Unido hoje, você está deixando claro que ficou sem palavras. Você está fugindo de um debate. Todo mundo ultimamente prefere sua própria raça. Isso faz todo mundo racista?”, questiona Morrissey. Mas vale lembrar que, em outra ocasião, o músico disse que todos os chineses são uma "subespécie."

+++ LEIA MAIS: Morrissey nega ser racista, pede desculpa a Robert Smith e ataca a imprensa

Sobre a sua posição política, ele afirma que nunca apoiou o partido Brexit (um partido recente obviamente a favor do Brexit) ou a UKIP (Partido de Independência do Reino Unido).

Assista ao vídeo: