Morte de Whitney Houston deve ser considerada acidental

Segundo fonte, investigação da causa da morte de cantora não continha nenhuma evidência suspeita

Rolling Stone EUA Publicado em 29/02/2012, às 16h24 - Atualizado às 16h24

Whitney Houston
AP

A morte de Whitney Houston em 11 de fevereiro deve ser considerada um acidente. Fontes próximas à investigação que ocorre da morte da cantora contaram ao site E! News que "nada de suspeito" foi encontrado para conectar as circunstâncias da morte dela a médicos ou interesses pessoais de outros.

Leia textos das edições anteriores da Rolling Stone Brasil – na íntegra e gratuitamente!

"Ela não tinha marcas em seu corpo que indicassem uma luta e ela estava longe de ter interesse em cometer suicídio", contou uma fonte ao E! News. Exames toxicológicos completos não estarão prontos até a semana que vem e, até lá, a polícia não irá comentar oficialmente sobre o caso.