Morte em Vingadores: Ultimato pode ter sido ainda mais trágica para o Homem-Aranha; entenda teoria

A produção, lançada em 2019, se encerrou com a despedida de vários personagens icônicos

Redação Publicado em 19/02/2020, às 16h05

None
Vingadores: Ultimato (Foto: Reprodução / Marvel)

Vingadores: Ultimato deu aos fãs do Universo Cinematográfico da Marvel um final épico - e incrivelmente triste. A produção se encerrou com a morte de alguns heróis e vilões icônicos que conhecemos ao longo de uma década. 

+++ LEIA MAIS: Vingadores: Ultimato entra para a história do Oscar com recorde negativo

Uma dessas perdas que os fãs sofreram foi a do Homem de Ferro, que realiza um sacrifício final para deter Thanos e salvar toda a humanidade. Porém, o Screen Rant pontua um detalhe que torna a despedida do personagem interpretado por Robert Downey Jr. ainda mais trágico, principalmente para o Homem-Aranha.

+++ LEIA MAIS: Somente um herói dos Vingadores não enfrentou Thanos no MCU; por que?

Segundo a publicação, o personagem foi com Tony Stark para Titã, lutou contra o supervilão, foi vítima do estalo, morreu e retornou no tempo e presenciou - antes de todos os outros Vingadores - a morte do mentor. Os dois personagens não tiveram a oportunidade de conversar sobre todos os eventos que aconteceram e Stark não conseguiu dizer a Peter Parker que sempre o enxergou como filho. 

+++ LEIA MAIS: 4 principais mortes de Vingadores: Ultimato têm algo em comum; entenda a teoria


+++ SESSION ROLLING STONE: RUBEL TOCA MANTRA