Mostra Cinema e Direitos Humanos na América do Sul começa nesta sexta, 19, em São Paulo

Evento chega à sua 5ª edição homenageando o ator argentino Ricardo Darín

Da redação Publicado em 18/11/2010, às 19h00

Abutres, novo filme de Pablo Trapero, integra a programação da mostra
Reprodução

Entre os dias 19 e 25 de novembro, São Paulo recebe a 5ª edição da Mostra Cinema e Direitos Humanos na América do Sul - que até dezembro terá passado por 20 capitais do país. Na capital paulista o evento será realizado no CineSesc e na Cinemateca Brasileira com entrada gratuita.

Na abertura, no Cinesesc, ocorrerá a exibição de Abutres, novo filme do cineasta argentino Pablo Trapero e estrelado por Ricardo Darín. Este último é o homenageado deste ano no evento e estará lá prestigiando a mostra. O longa-metragem de Trapero será reapresentado, em sessão aberta ao público, no sábado, 20 (às 17h, na SALA BNDES da Cinemateca Brasileira). Após a exibição (às 19h), Darín conversará com os presentes. Desde o dia 8 de novembro o evento está acontecendo em algumas outras capitais nacionais.

A mostra já passou por Fortaleza, João Pessoa, Cuiabá e Teresina. Em Curitiba, o evento começou nesta semana, no dia 17, e vai até o dia 23, enquanto que em Brasília começou no dia 16, finalizando também em 23 de novembro - data em que a mostra tem início em Porto Alegre (indo até o dia 28, na capital gaúcha). Em São Luís e em Manaus, o evento tem início em 29 de novembro até 5 de dezembro (no Rio de Janeiro, apesar de finalizar na mesma data que estas duas capitais, começa no dia 30). Em Maceió, a mostra tem início no dia 29 e vai até o dia 9 de dezembro. Em Natal, as datas vão desta quinta, 18, ao dia 25, e em Belém de 25 a 28 de novembro, retornando de 2 a 5 de dezembro.

Há ainda as que começam no próprio mês de dezembro: Aracaju (de 10 a 16/12), Belo Horizonte (de 13 a 19/12), Goiânia (de 3 a 9/12), Recife (de 6 a 12/12), Rio Branco (de 6 a 12/12) e Salvador (de 3 a 9/12). De acordo com comunicado, nesta 5ª edição da Mostra Cinema e Direitos Humanos na América do Sul estão representados Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Equador, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela. Dedicado a obras que abordam questões relacionadas aos Direitos Humanos, o evento é realizado pela Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, com produção da Cinemateca Brasileira e patrocínio da Petrobras através da Lei Rouanet. Veja a programação completa no site oficial da mostra.