Mostra resgata Fellini em SP

Quatro filmes serão exibidos - em 35 mm - a partir da próxima terça, um a cada semana; entrada é gratuida

Da redação Publicado em 06/04/2008, às 10h51

Em Amarcord, Fellini mostra o cotidiano de Remini, cidade onde nasceu
Divulgação

O cineasta Federico Fellini terá quatro longas exibidos gratuitamente, em mostra apresentada em São Paulo. As sessões acontecem sempre às terças, às 20h, a partir do dia 8, no Sesc Santana.

Federico Fellini (1920-1993) rodou seu primeiro filme em 1950. O diretor recebeu sete indicações ao Oscar de melhor roteiro original, quatro de melhor roteiro e uma de roteiro adaptado. Não ganhou em nenhuma das vezes, mas foi agraciado com uma estatueta pelo conjunto de sua obra, meses antes de morrer. O termo "papparazzi" surgiu a partir de um personagem do filme La Dolce Vita, um fotógrafo chamado Papparazzo.

Na mostra que acontece em SP, Os Palhaços é o primeiro longa a ser exibido (8/4). Encomendado pela TV italiana, é um documentário sobre a figura mais emblemática do circo. No dia 15 é a vez do também documentário Roma, em que o diretor usa encenações de histórias de sua juventude na capital italiana.

Amarcord, retrato da cidade natal do diretor, será exibido no dia 22. E a ficção Casanova de Fellini fecha a mostra (29/4), contando em forma de sátira a história de um aventureiro italiano conhecido por seus relacionamentos amorosos. O longa se baseia nos volumes de A História da Minha Vida, escritos por Giacomo Casanova.

Mostra Federico Fellini

8/4 - Os Palhaços

15/4 - Roma

22/4 - Amarcord

29/4 - Casanova de Fellini

SESC Santana - Av. Luiz Dumont Vilares, 579. São Paulo

Informações: (11) 2971-8700