Pulse

Motley Crue está revoltado com novo documentário sobre a banda: "São mentiras"

Os músicos foram foco do novo episódio da série Breaking the Band, que fala sobre o término das bandas mais famosas do mundo da música

Redação Publicado em 19/06/2019, às 10h20

None
Motley Crue (Foto:JC Olivera/Sipa USA)

O Motley Crue não está nem um pouco feliz com o primeiro episódio da segunda temporada de Breaking the Band, que foca no término da banda.

De acordo com publicações feitas nas redes sociais de alguns dos integrantes, toda a história contada no capítulo exibido em 16 de junho é mentira, e aparentemente a série (propriedade do canal Reelz) não obteve as autorizações necessárias para abordar o tema.

Vince Neil publicou no Instagram um texto, que pode ser lido abaixo, no qual diz que tudo dito pelo programa não é nada mais que "memórias do empresário Doug Thaler que não consegue se lembrar que foi ele quem separou a banda". 

O vocalista se mostrou bastante irritado com o fato do episódio dar a entender que ele é o culpado pelo fim do Motley Crue, por ter optado focar em sua carreira de piloto de corrida.

Nikki Sixx também se pronunciou. O baixista escreveu no Twitter que a produção não teve autorização da banda para ser feita, e ameaçou tomar medidas judiciais: "Nossos advogados mandaram a eles uma carta de Cessar e Desistir".

Breaking the Band é uma série que estreou em 2018, e conta em cada episisódio, com supostos detalhes verídicos, o motivo e a forma como as bandas mais icônicas da música terminaram. Os Beatles, Van Halen, NWA e os Eagles já foram alguns dos grupos que apareceram.

+++ MINHA PLAYLIST: Rael está "envolvidão" por Bob Marley e Caetano Veloso